Cerimônia · Tradições e Modernismos

Casamento ecumênico, inter-religioso ou sem religião .

Eu nunca quis me casar na igreja.
Fui batizada na igreja católica, mas não fiz catequese nem primeira comunhão, portanto me considero mais uma agnóstica teísta do que uma católica. Gosto de ir á missa quando tenho alguma conquista pra agradecer, mas não frequento perto de casa porque sinto que as pessoas (não todas, mas a maioria) vão a missa pra cuidar da vida dos outros… Então quando sinto “o chamado”, pego o ônibus e vou em outra igreja.

Meu marido não é católico. Na verdade ele não tem religião nenhuma e também se considera agnóstico teísta.

Certo, mas o que é um agnóstico?

Os agnósticos são seguidores da doutrina denominada “agnosticismo” que considera inútil discutir temas metafísicos, pois são realidades não atingíveis através do conhecimento. Para os agnósticos, a razão humana não possui capacidade de fundamentar racionalmente a existência de Deus.
Um agnóstico pode ser teísta ou ateísta. Um agnóstico teísta admite que não tem conhecimento que comprove a existência de Deus, mas acredita que Deus existe ou admite a possibilidade de que pode existir. Por outro lado, o agnóstico ateísta também admite não possuir conhecimento que comprove a não existência de Deus, mas não acredita na possibilidade que Deus exista.”
Fonte: significados.com.br

Certo, feitas as devidas apresentações, agora vocês entendem porque nunca fez sentido pra mim casamento na igreja… Porém, eu sempre quis uma cerimônia de casamento:
Pra mim, casamento é o momento onde você está ao lado da pessoa que escolheu pra passar a vida junto e com sua família e seus amigos mais queridos. Todos estão no mesmo lugar e no mesmo momento, sentindo as mesmas coisas. É quando todas as emoções vibram na mesma frequência e todo mundo quer o mesmo: felicidade para o casal.
Eu queria que esse momento existisse pra gente!

Expliquei isso pro marido e ele concordou que fazia muito sentido. Ele disse que nunca havia considerado que uma cerimônia de casamento era isso, e que agora também sentia que queria viver aquele momento.

Bom, já que iríamos fazer uma cerimônia diferente, como explicar isso para os convidados?
Vamos aos rótulos:

Cerimônia Ecumênica: É escolhida por casais que seguem diferentes igrejas cristãs ou que não seguem nenhuma igreja mas que acreditam em Cristo.

Cerimônia Inter-religiosa: Abrangem uniões entre noivos cristãos e não-cristãos.

Nos dois casos a cerimônia é realizada com mais de um celebrante, representando as duas religiões participantes.
É preciso tomar muito cuidado para não desrespeitar nenhuma das duas religiões, e fazer a cerimônia em um local neutro como um salão de festas ou chácara.

Nosso caso não era ecumênico e nem inter-religioso, então resolvemos fazer uma cerimônia sem religião.
Fácil: montaríamos um script contando nossa história e falando sobre nosso sentimento. Teria a entrada das alianças, leitura dos votos e ainda poderíamos incluir outros tipos de rituais muito bonitos e neutros que já vi por aí.

Ok. Mas… e o celebrante?!

Eu particularmente acho que chamar o juiz de paz do cartório para fazer a cerimônia torna-a muito impessoal. Por mais que o juiz vá preparado para falar coisas bonitas e tocantes, você está assinando um documento e torna a coisa toda muito formal tirando o romantismo do ato. Mas, é minha opinião… Já vi casamentos lindos no civil – eu mesma chorei no meu, que foi uma semana antes da cerimônia!

Toda vez que eu assisto um vídeo de casamento nos blogs que sigo, eu me emociono quando alguém que conhece o casal celebra a cerimônia, seja um amigo, irmão, primo… Mesmo quando eu nunca vi os noivos na vida, eu choro. Porque aquilo é pessoal, é de coração e é sincero. Aquela pessoa conhece os dois, conhece a história deles e está realmente se emocionando ali junto com eles.
Então ficou combinado que escolheríamos uma pessoa próxima da gente pra conduzir a celebração.

Mas quem?

Isso é assunto pra outro post! rsrsrs

E você? Teve ou terá necessidade de fazer uma cerimônia ecumênica, inter-religiosa ou até mesmo sem religião alguma?
Como foi a decisão? Enfrentaram algum obstáculo por parte da família?

Imagem destacada do post: oladobomdomundo.com


Gosta do nosso conteúdo? Quer ficar sempre sabendo dos últimos posts e ver mais novidades?
Curta nossa página no Facebook!!!

www.facebook.com/casacomidaeroupaespalhada

Anúncios

15 comentários em “Casamento ecumênico, inter-religioso ou sem religião .

  1. Você tem o roteiro de como foi essa cerimônia? Uma amiga quer que eu seja celebrante, mas não faço ideia do que fazer ou falar, os dois acreditam em Deus mas não possuem uma religião.. Nunca fui à um casamento que não se falasse sobre religião, pode me ajudar?

    Curtir

  2. Haaaain eu estou sofrendo tanto com esse negócio de casamento! rs
    Mas pra mim é o contrário…os dois católicos, fazemos questão de casar em nossa religião, mas não queremos casar dentro da igreja. Pensamos na praia ou no campo e estamos empacados nisso porque nenhum padre pode realizar o sacramento fora da igreja 😦
    Tá um dilema!!!!! não vejo a hora de resolver isso logo, marcar a data e ser feliz! rs
    beijocaaa

    Curtir

    1. Tássia, vocês já pensaram em chamar um padre da igreja católica ortodoxa? Eu ouvi falar durante as visitas pra degustações nos milhões de lugares que fizemos, que a igreja católica ortodoxa permite a realização de casamentos fora da igreja… Posso estar falando groselha, mas vale a pena dar uma procurada!

      Curtido por 1 pessoa

      1. Sim,sim, fui dar uma olhada. Mas pelo que entendi conversando com ele, acaba que no final não tem validade pra católica apostólica romana, que no caso é a minha. Então é como se não tivesse valido de nada 😦

        Curtir

    2. Ou ainda você pode se casar na igreja, só vocês, o padre, pais e duas testemunhas, e depois fazer só uma bênção no campo ou praia com toda a festa que vocês quiserem, como se o casamento estivesse acabado de acontecer ali.
      Tenho uma amiga que fez isso… e o mesmo padre que casou eles na igreja uma semana antes que foi ao sítio para abençoa-los no dia da festa.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Então, é essa a opção que estamos em mente….a única coisa e o noivo comentou é que ele acha que vai perder um pouco do encanto no “sim” sabe?!
        Tudo bem que vai ter mais gente….os dois vestidos a carater e td mais….mas mesmo assim ele deu uma desanimada.
        Mas pelo que estava vendo, ou é assim ou não casa fora da igreja. Como diz um padre amigo meu: de alguma coisa vou ter que abrir mão! rs
        Uma pena…mas estou super ansiosa e não vejo a hora de resolver tudo isso logo! ❤
        Beijinhossss

        Curtir

É muito legal receber os comentários de vocês! Continuem visitando =D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s