Música · Minha vida

A história da nossa música.

Todo casal tem uma música especial. A primeira que ouviram juntos ou que dançaram juntos, aquela cuja a letra diz algo sobre a história do casal, a música que um cantou pro outro… E geralmente quando vão se casar, é essa a música que escolhem para a primeira dança como casados.

Contei nesse post que eu e meu marido começamos a falar sobre casamento com apenas três meses de namoro, portanto, não tínhamos ainda uma música especial… Éramos órfãos de música!

Quando chegou o momento de escolher uma música pra dançarmos no casamento, nos lembramos do dia que ouvimos Thinking out Loud do Ed Sheeran no carro (numa coletânea de first audition do The Voice UK que eu baixei), e depois, prestando atenção na letra, decidimos que dançaríamos essa música. Isso foi em meados de 2014, ninguém ainda conhecia.

Tudo certo, resolvido, nome da música enviado pro DJ!

Daí um dia, faltando 2 semanas pro nosso casamento, estou eu na casa da minha mãe e passa o comercial da nova novela da Globo (não me pergunte o nome, eu não assisto novela há mais de 10 anos…) e eu simplesmente congelo sentada na cama: Era a NOSSA MÚSICA tocando na novela!!!

Droga! Droga! Droga!

Cheguei na casa do meu noivo e contei pra ele, e ele também detestou a notícia… Você pode até rir com o nosso drama, mas a gente odeia novela! E imagina só: estamos nós na festa prontos pra dançar, começam os primeiros acordes da música e nossos convidados pensando Ah! que bonito, a música da novela!

Nãããããããooooooo!
Desastre total!

Ok… Bora entrar no YouTube e procurar música pra dançar.
Aí você me pergunta: E então, encontraram?
Não. Não encontramos…
Nenhuma música dizia algo pra gente e nada chamava a atenção. Fomos dormir chateados.

No dia seguinte, estou no trabalho e meu noivo me manda uma letra de música pelo WhatsApp: “Lê essa letra de música e me diz se podemos dançá-la no casamento.”
Eu li tudinho e fiquei boquiaberta! A música era exatamente a nossa história!!! Pronto! Achamos a nossa música!

O nome da música é “The place I want to be” e já começavam aí as coincidências.
Sempre que a gente ficava em dúvida de onde ir pra comer, ou pra passear, ou até mesmo uma dúvida mais séria como “onde moraremos depois de casar? na sua casa ou no meu apê?” eu virava pra ele, abraçava-o e dizia: “Esse é o lugar do mundo que eu mais gosto: O seu abraço.”

Imediatamente eu já joguei a música no Google. Eu tinha que ouvi-la pra ver como era, quem cantava, se era nova ou antiga… Mas não encontrei nada.
Nenhuma música cujo o nome era parecido ou que tinha alguma frase igual tinha a letra que ele havia me enviado.

Mandei pra ele no WhatsApp: “Estou sem fone de ouvido e não consigo encontrar a música… Me manda se você tiver!”
E ele me responde: “Então… essa música não existe, eu tive a ideia dirigindo pro trabalho e acabei de escrever a letra. Se você gostar eu coloco melodia, gravo o violão e coloco voz.”

Ai gente… eu senti um misto de sentimentos!!!

Primeiro, eu me derreti!
Eu adoooro ouvi-lo cantando e tocando violão, e ler uma letra de música que ele escreveu pra gente, contando nossa história, aqueceu meu coração!
Depois senti uma ansiedade e curiosidade imensas de ouvir como seria a música.
E por fim, fiquei preocupada. Faltavam apenas 2 semanas pro casamento e ainda tinha o civil no próximo final de semana! Será que daria tempo? Inspiração não é uma coisa que você controla… ela aparece e pronto! E se ele não conseguisse? E se ele se sentisse pressionado?

Fiz o possível pra não deixar ele perceber a parte da preocupação e o apoiei totalmente na história da música. Disse que tinha amado a letra e que ele estava liberado pra compor o que quisesse!

Ele passou dois dias aproximadamente montando a melodia. Depois, se trancou no quartinho de bagunças do apartamento dele (que segundo ele, tem a melhor acústica) e gravou primeiro o violão e depois a voz. Gravou e regravou várias versões até conseguir a qualidade que queria, e daí na quinta feira, faltando 10 dias pro casamento, me mandou pelo WhatsApp a versão do áudio terminado.

Eu acho que ouvi a música umas 15 vezes no percurso de casa pro trabalho naquela manhã. Eu chorei, sorri, imaginei a gente dançando, chorei de novo…
Ela não tem nada de mais pra alguém de fora… mas é a nossa história na voz dele e ao som do violão dele! É nossa! Uma música pra chamar de nossa pra sempre!

Ela é linda, né? E ele canta tão bem… (suspirosssss kkkkk)

Passado o casamento civil, nos concentramos em inventar uma coreografia para a nossa música. Sem ninguém pra ajudar, pegamos alguns videos de passos básicos de valsa no YouTube e começamos e bolar algo.
Com a letra da música impressa num papel, inventamos “nomes” para os passos – tipo “viradinha ninja” ou “andadinha” – e íamos encaixando na música de acordo com o que a gente achava que ficaria bonito.
Eu ainda não tinha decorado a letra, então dançava com o papel na mão até decorarmos tudo. Foram 5 ensaios e pronto. Tudo na cabeça!

No dia do casamento pela manhã, antes de algum convidado chegar, a gente fez um ultimo ensaio na pista de dança, e depois só na hora.

A gente não tinha contado pra ninguém sobre a música, e somente algumas pessoas – as irmãs dele e os amigos que já tocaram em banda com ele – perceberam que era a voz dele cantando. O restante do pessoal achou que era só uma música desconhecida que escolhemos.
Depois que contamos para os amigos, todo mundo achou legal!

Ufaaaa… e essa é a história do único perrengue que a gente passou em toda a organização do casamento. E tudo culpa da Globo! kkkk

E você, qual a história da sua música?


Gosta do nosso conteúdo? Quer ficar sempre sabendo dos últimos posts e ver mais novidades?
Siga-nos no Facebook, Pinterest, BloglovinInstagram!!!

Anúncios

Um comentário em “A história da nossa música.

É muito legal receber os comentários de vocês! Continuem visitando =D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s