Casamento · Comportamento · Convidados · Emoções e Sentimentos · Padrinhos e Madrinhas · Perrengues Básicos · Pré Casamento

Dicas para ser a madrinha de casamento dos sonhos de toda noiva

O post de hoje é um “puxãozinho de orelha” em muita noiva e madrinha por aí, que mistura tudo na cabecinha e sai achando um monte de coisas sobre ser madrinha de casamento ou sobre ter uma madrinha de casamento.
Tem noiva que acha que as madrinhas tem que estar lá á disposição dela pra tudo. Tem madrinha que acha que a noiva tem que contar tudo pra ela e incluí-la em todas as decisões…

Vamos, de uma vez por todas, dismistificar os direitos e deveres da madrinha de casamento?

Toda madrinha tem direito á:

Escolher seu proprio penteado, maquiagem e sapato, sem obrigações com a noiva

A noiva quer escolher a cor do vestido das madrinhas? Aceitável.
A noiva quer escolher o modelo do vestido das madrinhas? Discutível… Se ela levar em consideração TODOS os biotipos que ela vai ter no altar, não pedir nada complicado ou caro demais e indicar o local onde comprar o tecido e a costureira, pode ser que seja até vantajoso para as madrinhas. Mas o que uma noiva não pode JAMAIS é tirar da madrinha o direito dela usar o sapato que for mais confortável, a maquiagem que ela gostar mais e o penteado que a favorecer da melhor forma. Noiva não escolhe essas coisas. Ponto final.

Escolher o presente que quer dar, se puder dar

De uma vez por todas: Presente não é obrigação. Vamos transformar isso num mantra?
As pessoas dão presente por educação, da mesma forma que os noivos fazem festa porque querem. Cada um faz a festa que pode pagar e dá o presente que pode comprar. Existe esse mito de que padrinhos devem dar o presente mais caro e mais importante da lista. MITO! Padrinhos, assim como qualquer outro convidado, dão o presente que cabe no orçamento deles e que não vá apertar a situação financeira no fim do mês.
Se alguma madrinha perguntar aos noivos: “o que vocês querem ganhar?”, indique o link da sua lista de presentes e diga “se você quiser nos presentear, ficaremos muito felizes com qualquer item dessa lista”. Nunca escolha presente específico para os padrinhos.

Separar o tempo disponível pra ajudar a noiva

Todo mundo tem suas obrigações e sua vida fora do “mundinho casamento” e com as madrinhas não é diferente. Se ela não está te ajudando com os preparativos ou indo com você escolher os itens com a frequencia que você, noiva, gostaria, entenda o lado dela. Sua madrinha trabalha? Estuda? Tem filhos? Mora sozinha? Faz supermercado, feira e açougue como qualquer ser humano que come? Então ela tem coisas importantes pra se preocupar, e pode ser que em algum momento ela não esteja disponível. Entenda.

Se abster de eventos e decisões

“Vamos escolher o vestido, quero que você vá comigo”
“Vamos fazer degustação, vamos lá!”
“Quero ver as lembrancinhas na loja que me indicaram, me dá uma carona?”
Madrinha tem o direito de se abster de alguns eventos e decisões do casamento. Pode ser que ela esteja cansada, com outros planos, doente, sem dinheiro, sem vontade… Ela tem o direito de não ir com a noiva em 100% dos eventos que é chamada.

Recusar o convite

Todo mundo tem o direito de recusar um convite para ser madrinha ou padrinho de casamento. É uma situação complicada, concordo, mas as pessoas têm seus motivos e os noivos devem fazer o possível pra não tomar isso pro lado pessoal. Vou listar 3 situações que me contaram e você entenderá:
1. Uma noiva escolheu o amigo de infância para padrinho, mas a esposa dele tem um certo grau de autismo, e não se sente bem sendo o centro das atenções ou ainda sendo observada. O altar é um lugar de destaque, e é claro que ela não se sentia confortável na situação de madrinha. Os noivos entenderam perfeitamente.
2. Um casal faria uma cerimônia de casamento na religião X (não vou citar nomes aqui) e a madrinha era da religião Y. Ela recusou o convite, e perguntou se não havia a possibilidade dela ser madrinha no civil. Fizeram assim.
3. Uma amiga muito proxima da noiva soube um mês antes do casamento que no final de semana que aconteceria a festa ela precisaria viajar á trabalho. Avisou a noiva que não poderia comparecer a festa, e consequentemente não participaria da sessão de fotos nem da valsa com os padrinhos. O padrinho par dessa madrinha então, entrou com outra pessoa que assumiu o papel da madrinha, e os noivos entenderam.

Toda madrinha tem o dever de:

Não tentar mudar as decisões já tomadas pelos noivos

Decisão tomada é decisão tomada. Se você, madrinha, não estava junto no momento da decisão ou não foi solicitada a sua opinião, não tente mudar o rumo das coisas. Os noivos pensam muito ao tomar decisões sobre o casamento, e levam muitas variáveis em consideração, como por exemplo dinheiro, tamanho da festa, gosto pessoal, outras decisões conflitantes e etc. Tentar mudar uma decisão já tomada é o mesmo que gerar estresse e dor de cabeça para os noivos.

Não levar seus problemas e/ou ciúmes pra dentro dos preparativos

Ao aceitar fazer parte dos preparativos do casamento de alguém como madrinha, não leve, jamais, seus problemas ou seu ciúmes pra dentro do ambiente dos preparativos. Isso tira o foco dos noivos e os faz ficarem com remorso por não estarem tendo tempo pra te ajudar, ou ainda por priorizarem uma festa aos seus problemas. Guarde suas preocupações para outro momento.

Tentar entender as decisões da noiva

Noiva sonha com casamento, as vezes muito antes até de conhecer o noivo. Se ela sonhou com um altar todo lilás, entenda que ela quer que você use um vestido lilás e que isso é o mais lindo que ela conseguiu imaginar pra você. Abrace as decisões da noiva e tente ajudá-la no que puder. Se você não gosta da cor, porque não sai pra ver lojas e experimentar vestidos dessa cor? Você pode se surpreender. Se não for bem o que você imaginou, converse com ela e veja a possibilidade de mudar um pouco o tom da nuance, mantendo a mesma cor. Há jeito pra tudo.

Fazer o possivel pra participar dos eventos pré casamento

Chá de cozinha, noivado, despedida de solteira… São eventos super bacanas que antecedem o casamento e servem de “esquenta” pra festa. Tentar estar presente nesses eventos é uma obrigação da madrinha. Se não der, avisar com antecedencia é o mínimo que você pode fazer. Lembre-se que os noivos gastam com essas festas e você precisa avisar que eles não precisam considerar o gasto da sua comida e bebida.

Comparecer ao casamento, sendo uma das primeiras a chegar

É o mínimo que se espera de madrinhas e padrinhos, né gente? Chegar cedo e procurar a cerimonialista/assessoria assim que chegar. Lembre-se que você está lá com uma missão muito especial, e nada deve atrasar o casamento dos seus afilhados. Depois, na hora da festa, você relaxa, tira o sapato, solta o cabelo e curte, mas na cerimônia você está numa missão!

Gente, desculpem a puxadinha de orelha, mas eu vejo tanta noiva dando ataquinho de mimimi e madrinha se sentindo a propria noiva que eu tive que falar! kkkkkk
Conta aí! Já teve madrinha que deu trabalho ou afilhada chiliquenta?


Foto destacada do post: brides.com

Gosta do nosso conteúdo? Quer ficar sempre sabendo dos últimos posts e ver mais novidades?
Siga-nos no FacebookPinterestBloglovin e Instagram!!!

Anúncios

É muito legal receber os comentários de vocês! Continuem visitando =D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s