Casamento · Comportamento · Detalhes da Festa · Emoções e Sentimentos · Minha vida · Organização · Planejamento

16 coisas que eu acertei no meu Casamento!

Quando a gente começa a organizar um casamento, a gente procura algum cronograma, passos pra serem seguidos, ordem de execução dos passos, etc. Mas é muito legal ver também no que as pessoas que já se casaram acertaram, até mesmo pra gente prestar atenção nos detalhes e verificar se falta alguma coisa, ou repensar aquela decisão já tomada.

Hoje eu vou tentar listar as coisas que eu acho que acertei em cheio no meu casamento, agora analisando friamente depois de passada a empolgação toda de recém casada.

Começar os preparativos com antecedência

Eu e meu marido decidimos que queríamos nos casar com apenas 3 meses de namoro (conforme contei aqui), mas os nossos preparativos duraram 10 meses. Pra gente foi tempo suficiente, mesmo com todos os DIY que fizemos (que também estou contando aqui e aqui).
Porém, tempo é relativo. Você é quem vai dizer o que é antecedência suficiente pra você: Talvez vocês estejam na fase de guardar dinheiro, então precisam de um tempinho a mais. Talvez vocês não vão fazer tantos DIY, então as coisas podem andar um pouco mais rápidas. Um mini-wedding costuma ser organizado muito mais rápido do que um destination wedding, por exemplo. Avalie a situação e estipule um prazo razoável para seus preparativos. A calma e tranquilidade pra resolver tudo vai fazer com que vocês curtam muito a fase dos preparativos, do sonho e das decisões, e que também curtam o dia do casamento plenamente.

Não convidar ninguém por obrigação

Por mais que algumas carinhas tortas e alguns comentários tenham rolado durante o período da entrega dos convites, eu não me arrependo de só ter convidado pessoas próximas pro meu casamento. Nada de primo distante, nada de amigo de infância que perdeu contato, nada de tio e tia que nunca fazem questão de participar de nada…
Hoje quando olho meu álbum de casamento, eu só vejo pessoas queridas, lindas e que eu amo muito (com exceção dos ex de alguns que estão lá nas fotos rsrs).
Faça sua lista de convidados com o coração, pensando em cada um e no que eles representam pra vocês. Você não vai se arrepender!

Lista de presentes em cotas

Eu já morava sozinha quando comecei a namorar meu marido, que também já morava só, então tinhamos duas casas completas e com itens relativamente novos. Não precisávamos de mais presentes. E também, já estávamos nessa época começando a esboçar nosso plano de morar fora do Brasil depois que nos casássemos, logo, não precisariamos mesmo de uma casa completinha e linda, pra depois vender tudo e ir embora.
Daí resolvemos montar uma lista de presentes em forma de cotas pra Lua de Mel e outras coisinhas, e depois retiramos todo o valor dos presentes em dinheiro. Foi uma das melhores decisões!
Se vocês já moram juntos, ou se já tem casa montada, eu aconselho fortemente a fazer uma lista de presentes de casamento com cotas! Existem vários sites que fazem, alguns até gratuitos!

Ter o Vestido dos Sonhos

Aqui nesse post eu contei sobre todo o período da minha escolha do vestido de noiva, as provas e o grande dia. Se tem algo que eu suspiro quando vejo nas minhas fotos e no meu video de casamento (além do noivo, claro rsrs) é o meu vestido! Ele é do jeitinho que eu imaginei, com o caimento que eu queria, com os tecidos que eu acho lindos… simplesmente feito pra mim!
É uma delícia quando você se olha no espelho e se vê realmente uma noiva! Você chora sem ter controle, sem esperar. Você ri, você rodopia… se sente dentro de um filme da Disney! Não abra mão desse momento! Não desista de encontrar o vestido que você sonhou… Se o preço não tá dentro do orçamento, procura mais, com mais calma, e com mais empenho (daí a importância de começar os preparativos com antecedência). Uma hora ele aparece!

Local do Casamento

Eu e o marido, desde o comecinho do casamento, queriamos um casamento ao ar livre, num domingo de tarde, com churrasco e pé na grama. Conseguimos, e foi tudo lindo e gostoso exatamente como imaginamos. Se você tem uma imagem na cabeça, tente ser o mais fiel possível a isso enquanto planejando e fechando com fornecedores. Vale a pena!

Não fazer Dia da Noiva

Nada contra o Dia da Noiva, eu acho super válido, gostoso, um momento pra noiva relaxar dos preparativos e passar o dia sendo mimada, tirando fotos e se preparando… Mas eu não quis fazer.
Me arrumei no chalé do espaço que alugamos pra nos casar, e sinceramente foi uma delícia estar lá pertinho de tudo, ver os convidados chegando, poder falar com minha mãe, meu pai e minha irmã a hora que eu quisesse, tirar foto com as madrinhas que passavam por lá, dar tchauzinho pros convidados lá do outro lado do lago, pela janela do chalé… Foi sensacional e eu não faria diferente se fosse me casar novamente hoje.
Se você tiver a oportunidade de ficar pertinho do local onde vai se casar quando for se arrumar, faça isso. A vibe é muito boa!
Fiz até um post sobre o que uma noiva sente minutos antes de passar pelo tapete, inspirada nos momentos que eu vivi nesse chalézinho, espiando tudo pela porta e me preparando pra sair de lá!

Contratar fornecedores por “quimica” e não por preço

Nossos fornecedores não foram os mais baratos, mas também não foram os mais caros. A gente se encontrou com várias pessoas pra reuniões, orçamentos, vimos dezenas e dezenas de sites, portfólios, blogs, etc… Posso dizer que nenhum fornecedor foi contratado sem que o “santo batesse”, que a quimica rolasse e que a empatia prevalecesse. Isso é importantíssimo pro sucesso dos seus preparativos, essa confiança mútua e esses sentimentos alinhados.
Quando estiver procurando pelos seus fornecedores, não deixe o bolso falar mais alto: avalie se é uma pessoa que vocês se sentirão a vontade pra conversar, pra esclarecer dúvidas e pra abraçar os desejos e ideias de vocês.

Pensar nos detalhes com carinho e dedicação

Casamento tem que ser pessoal e personalizado. Tem que refletir a personalidade de vocês, e os convidados tem que se sentir inseridos na história e na trajetória. As pessoas tem que SENTIR de quem é aquele casamento!
Nisso, colocando a modéstia totalmente á parte, eu eu meu marido acertamos muito em cheio. Não tem um detalhe sequer da nossa cerimônia e decoração que não foi pensado pra refletir nossa história.
Nossa música foi composta, tocada e cantada pelo noivo.
– Nas fotos dos nossos pais estavam também os convites de casamento deles (que tinham sido guardados por todos esses anos).
– Entre os doces, tinham duas receitas da nossa família, de duas pessoas muito queridas que não puderam estar presentes no nosso casamento.
– No meu buquê feito por mim mesma, eu acrescentei o algo novo, velho, emprestado e azul, todos com significados muito importantes pra nós.
– Seguindo uma tradição européia, no sapato do noivo pelo lado de dentro estava colada uma moeda de 10 centavos de Euro, muito importante pra nossa história.
– Minha cunhada cantou na entrada das alianças.
– Nossa cerimonia das areias foi um pouco modificada pra fazer mais sentido pra nós.
– Nossas mães foram as celebrantes da cerimônia.
Entre outras várias coisas que personalizamos!
Eu olho nosso video e nosso album de casamento e transbordo de amor. Toda vez que algo muito dificil precisa ser realizado, a gente relembra todo o empenho e dedicação durante nossos preparativos pro casamento, e nos convencemos que podemos realizar qualquer coisa juntos!

Usar um sapato velho e confortável

Meu sapato do casamento foi todo customizado por mim, mas já era um sapato velhinho e laceado que eu adorava, e usava pra ir trabalhar as vezes. Foi uma das melhores decisões que tomei: pude ficar o tempo todo com ele, andando pra lá e pra cá no salão, dançando, super confortável, sem precisar arrastar o vestido porque estava usando um sapato mais baixo do que a barra do vestido. Eu até esqueci que tinha um chinelinho pra mim!

Contratar recreação para as crianças

Tínhamos um numero razoável de crianças entre os convidados, então foi bem bacana contratar uma equipe de recreação para entreter as crianças durante a cerimônia e festa. Os pais puderam ficar a vontade pra comer, dançar e se divertir, enquanto que as crianças brincaram e comeram com os monitores lá no cantinho montado pra eles. Foi um preço justo e um gasto que com certeza eu faria novamente.

Pedir para os convidados irem de branco

Pode parecer estranho num primeiro momento ver uma noiva pedindo para todos os convidados irem de branco, mas a ideia me pareceu tão sensacional que eu tive que colocar em prática. E ficou lindooooo! As fotos ficaram tão leves! Parecia uma festa de reveillon, uma comemoração de um novo inicio, de uma nova fase! Exatamente com a vibração e com a leveza que queriamos.

Fazer uma cerimonia sem religião

Eu sou católica apostólica romana por batismo, mas nunca me crismei. Meu marido não tem religião. Nos consideramos agnósticos teístas: A gente acredita que possa existir algo, uma força, um espírito, uma entidade, uma energia… que seja plena de bondade, amor e compaixão e que esteja presente em cada um de nós, mas não gostamos de dar nomes. Acreditamos que nós, seres humanos, não temos a capacidade intelectual necessária pra entender “Deus”, quem dirá explicar e escrever coisas em nome Dele. Então simplesmente não seguimos nenhuma religião nem doutrina, mas respeitamos todas sem exceção.
Ter uma cerimônia religiosa iria contra qualquer coisa que acreditamos – ou que não acreditamos – e com certeza seria algo que talvez, no futuro, iriamos nos arrepender. Então ter nossa cerimônia sem religião celebrada por nossas mães foi a coisa mais sensata que decidimos pro nosso casamento.
Se vocês tem suas crenças, sigam fiel a ela e casem-se de uma forma que faça sentido pra vocês! Não vá atrás dos pitacos dos convidados.

Contratar também a filmagem do casamento

Passa a festa, a cerimônia, a recepção, a lua de mel… Você vê as fotos tiradas pelos celulares de todo mundo, daí seu fotógrafo te entrega as suas fotos oficiais… E daí você percebe que teve um monte de detalhes que você não viu: A entrada do noivo, ele chorando e se emocionando antes de você entrar, a daminha que entrou também antes de você, e todos os seus padrinhos e madrinhas, a festa rolando enquanto você tirava fotos na mesa do bolo, as suas amigas na fila da caipirinha rolando de rir, seus primos pedindo musica pra banda, as crianças brincando com as bolhas de sabão que foram usadas na sua saída, a reação das pessoas assistindo a sua retrospectiva… São tantos detalhes que só fotos não conseguem retratar. Eu não me arrependo de ter cortado alguns gastos pra poder ter a filmagem do casamento! Até hoje ainda assisto ao meu video de casamento!

Fazer lembrancinhas simples, porém úteis

Lembrancinha é uma coisa muito complicada de escolher: tem que ser barato pros noivos, mas tem que ter certa qualidade, e tem que ser útil, senão é dinheiro jogado fora literalmente – as pessoas chegam em casa, jogam numa gaveta e esquecem até a próxima faxina, quando vai pro lixo.
As lembrancinhas do meu casamento, tanto as dos padrinhos e madrinhas quanto as dos convidados foram feitas por nós mesmos e procuramos fazer coisas úteis pra todos. Nossos padrinhos usam até hoje as canecas de sopa personalizadas que fizemos pra eles, e os aromatizadores de ambiente do nosso casamento receberam elogios de todo mundo com quem eu conversei, algumas pessoas até pediram o nome da essência que utilizamos pra fazê-las.

Dar acessórios diferenciados para as madrinhas e padrinhos

Os acessórios diferenciados para madrinhas e padrinhos foi uma ideia sensacional! Nós distribuímos antes da cerimônia chapéus Panamá para os padrinhos e sombrinhas de renda para as madrinhas. Foi um gasto além do planejado porque foi uma idéia meio de última hora, mas ficou muito lindo nas fotos. Depois, durante a festa, eu só via os chapéuzinhos passando pra lá e pra cá no salão. Ninguém quis tirar o chapéu depois da cerimônia, e alguns convidados vieram perguntar se tinha sobrado chapéu! E as convidadas pedindo as sombrinhas emprestadas para as madrinhas pra tirar foto lá fora no lago foi a sensação da tarde.

E claro, o noivo!

Parece óbvio, mas eu não podia deixar de citar que a escolha do noivo foi a melhor decisão que tomei em relação ao casamento.
Apesar desse mundo de casamentos ser muito lindo e maravilhoso, a gente não deveria romantizar tanto um casamento: Casamento é um contrato entre duas pessoas que se amam, uma sociedade, onde cada um tem seus deveres e direitos e que tudo deve ser respeitado pra que dê certo. Igual a uma sociedade numa empresa. Ninguém vai viver de beijo e abraço, e quando um está mal o outro tem que segurar as pontas.
Longe de mim destruir noivados aqui, mas, papo sérissimo: Se você tem alguma dúvida se a pessoa que está do seu lado é a pessoa certa pra dividir a vida, os planos, as realizações e também os momentos difíceis com você, então talvez você devesse repensar toda essa história de casar.
Casar é amor! O sonho não deve ser simplesmente se casar, o sonho tem que ser casar com a pessoa que está do seu lado, e mais ninguém.

Bom, esses foram os itens que hoje, 4 anos depois de casada, eu ainda olho e me orgulho de ter feito da forma como foram decididos.
Pense com carinho nos detalhes do seu casamento. Vale a pena!

Imagem destacada do post: meu fotógrafo!


Os textos publicados neste blog são de minha autoria, portanto, a cópia e publicação do conteúdo deste blog sem citação da fonte com link direto para o post e sem minha prévia autorização constitui crime de Plágio de Propriedade Intelectual previsto na lei de número 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
Caso queira copiar qualquer texto ou fragmento de texto deste blog, entre em contato pelo e-mail casacomidaeroupaespalhada@gmail.com solicitando autorização.
Qualquer plágio encontrado será reportado ao Google e seu site será rebaixado drasticamente nas buscas pela plataforma, resultando em queda de público e visitas. Respeite o trabalho de um colega de profissão. Prestigie, não plagie.

A maioria das imagens utilizadas neste blog foi resultado de pesquisas no Pinterest e Google. Sempre procuramos colocar a fonte da imagem. Se alguma das imagens é de sua autoria, por favor avise-nos assim podemos dar os devidos créditos, ou se preferir, podemos retirá-la do blog.

Most of the images on this blog were taken from the internet, from Pinterest or from Google Images. We always try to refer to the real source of the images. If any of these is yours, please let us know so we can give you credit, or if you prefer, we can delete it from the blog.

Gosta do nosso conteúdo? Quer ficar sempre sabendo dos últimos posts e ver mais novidades?
Siga-nos no FacebookPinterestBloglovin e Instagram!!!

Anúncios

É muito legal receber os comentários de vocês! Continuem visitando =D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s